Grandes felinos Lince-ibérico (Lynx pardinus)

Lince-ibérico (Lynx pardinus)


Reino: Animalia
Filo: Chordata
Subfilo: Vertebrata
Classe: Mammalia
Subclasse: Eutheria
Ordem: Carnivora
Subordem: Feliformia
Família: Felidae
Género: Lynx
Espécie: L. pardinus

Outros nomes:
Cerval
Liberne
Lobo-cerval
Lobo-rabo
Gato-cerval
Gato-cravo
Gato-lince
Iberian lynx (Inglês)
Pardel Lynx (Inglês)
Spanish Lynx (Inglês)
Lynx d'Espagne (Francês)
Lynx ibérique (Francês)
Lynx pardelle (Francês)
Lince Ibérico (Castelhano)

Distribuição:
Esta espécie só se encontra na Península Ibérica; Portugal e Espanha.

A sua distribuição geográfica faz-se por pequenos grupos a viver eventualmente, no Algarve, Vale do Guadiana, Serra de São Mamede, Vale do Sado e Serra da Malcata.

O Centro Nacional de Reprodução de Lince-ibérico (CNRLI), é a última esperança de no futuro voltarem a ser vistos animais destes a vaguear livremente em Portugal. Para já o sucesso da reprodução parece estar garantido, pelo excelente trabalho alí realizado, mas falta fazer uma importante parte do trabalho, que é envolver as populações na sua protecção antes de libertar os primeiros animais nascidos em cativeiro e garantir uma população grande e saudável de coelhos-bravos para que os animais possam ter alimento em quantidade e qualidade para a sua sobrevivência.

Perigo iminente:
O lince-ibérico é o carnívoro mais ameaçado da Europa eo felídeo mais ameaçado do mundo.

Causas:
O homem foi o principal responsável por este quase desaparecimento, devido à caça que lhe deu durante o último século.

O desaparecimento do habitat natural destes animais também foi acontecendo, não tendo sido, ao longo dos anos, minimamente salvaguardado pelas autoridades responsáveis.

Por último, a doença hemorragica viral, que dizimou as grandes populações de coelhos-bravos, que eram o principal alimento destes animais, acabou definitivamente por criar o vazio em que agora se encontra.

O facto de os poucos animais existentes, a haverem, estarem dispersos por um longo território, leva a que não haja reprodução, e que o fim destes felídeos esteja próximo em território português.

Estatuto de conservação:
Criticamente em Perigo (IUCN 2008)


Notícias
Lince-Ibérico deixa de estar «criticamente ameaçado» e passa a «ameaçado» segundo a I.U.C.N.
Portugal e Espanha
Foram muitos anos de trabalho dos dois lados da fronteira, muita troca de informação, muitas horas de trabalho de todos os envolvidos, muitas expectativas, muito suor aqui e ali salpicado de lágrimas mas, com todos estes muitos, foi possível salvar o felino mais ameaçado do planeta.
Jardim Zoológico recebe dois exemplares de Lince-ibérico, o felino mais ameaçado do mundo
Portugal
O Jardim Zoológico acaba de receber dois exemplares de Lince-ibérico, no âmbito do projecto de conservação desta espécie, em parceria com Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF). Este é o felino mais ameaçado do mundo.
Libertados os primeiros linces-ibéricos criados em cativeiro
Portugal
Depois de muitos anos em que o felino mais ameaçado do mundo não foi visto em liberdade em Portugal, o primeiro casal criado em cativeiro foi hoje libertado, ainda que de forma controlada, para que brevemente possa percorrer montes e vales e criar descendência, garantindo a esta espécie ameaçada um futuro em liberdade total.

Publicidade


Galeria fotográfica

Publicidade


Classificados
São Paulo, brasil
Canil Menorah Adoraveis filhot
Santo Tirso / Porto, Portugal
Pinscher Miniatura


Bicharada.net
Contacto
Login
Privacy policy