Animais selvagens Canguru-de-Bennett (Macropus rufogriseus)

Canguru-de-Bennett (Macropus rufogriseus)


Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Marsupialia
Subordem: Diprotodontia
Família: Macropolidae

Outros nomes:
Bennett's Wallaby (Inglês)
Red-necked Wallaby (Inglês)
Wallaby à cou rouge (Francês)
Wallaby de Bennett (Francês)
Ualabí de cuello rojo (Castelhano)

Distribuição:
Esta é a espécie de cangurus mais comum, e habita as planícies áridas e as savanas, no Sul da Austrália e na Tasmânia. Os indivíduos são bastante sociáveis, criando grupos de até 30 elementos.

Alimentação:
Os cangurus são herbívoros, alimentando-se de todas as plantas e folhas de árvore que encontrem no caminho. Percorrem grandes distâncias em busca de algum alimento e por vezes escavam o chão para retirar raízes da terra.

Estado de conservação:
Pouco Preocupante (IUCN 2008)

Esta espécie não apresenta nenhum risco especial de desaparecimento, pelo que não tem qualquer estatuto especial de conservação. Nos últimos anos, o número de animais estabilizou em quantidade abundante, por isso o seu estado é considerado seguro.

Gestação e maturidade sexual:
A maturidade sexual das fêmeas é atingida por volta dos 15 meses, enquanto nos machos acontece um pouco mais tarde, por volta dos 20 meses.

Reprodução:
Os cangurus são marsupiais, pelo que o seu desenvolvimento embrionário é bastante diferente do dos mamíferos placentários, ocorrendo em duas fases distintas. A primeira fase, a gestação, ocorre no útero da mãe, onde existe uma espécie de membrana que permite que a cria se alimente a partir dos nutrientes daquela. Passados cerca de 30 a 35 dias a cria, ainda num estado embrionário muito primário, com pouco mais de 1cm, abandona o útero da progenitora e sobe lentamente pelos seus pêlos até à bolsa marsupial, onde vai terminar o seu desenvolvimento. Aqui, fica permanentemente agarrado a um dos mamilos da mãe, alimentando-se do seu leite durante um longo período, cerca de um ano. A partir dessa altura, a cria começa a entrar e a sair da bolsa para procurar os primeiros alimentos e rapidamente deixa esta fase para começar a acompanhar a progenitora nas suas viagens terrestres utilizando a bolsa, enquanto cabe, apenas quando se sente assustada.

Tamanho:
Os cangurus-de-Bennett machos atingem cerca de 1,10 enquanto as fêmeas raramente passam de 1,00 e podem pesar até 20 quilos.

Longevidade:
Os cangurus-de-Bennett a viver em liberdade têm uma esperança de vida média de cerca de 18 anos, e em cativeiro podem atingir mais de 20 anos.


Publicidade


Galeria fotográfica

Classificados
São Paulo, Brasil
Pugs.com.br
São Paulo, São Paulo
Canil Menorah lindos filhotes
costa da caparica, portugal
desaparecido Mitroglu


Bicharada.net
Contacto
Login
Privacy policy