Aves Papagaio-Cinzento-Timneh

Papagaio-Cinzento-Timneh


Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Psitaciformes
Família: Psittacidae
Género: Psittacus
Espécie: P. erithacus
Sub-espécie Psittacus erithacus timneh

Origem
Este animal é originário das florestas tropicais da costa ocidental africana, ligeiramente mais a sul que as outras espécies de papagaios cinzentos.
Encontra-se sobretudo entre a Guiné Bissau e a Costa do Marfim, nos países costeiros do Golfo da Guiné.

Como animal de companhia
O Papagaio Cinzento de Timneh é o menor dos três papagaios cinzentos de cauda vermelha, situando-se a sua envergadura entre os 25 e os 30 cm.

A sua coloração é muito semelhante ao Cinzento do Congo, embora o rabo não seja de um vermelho tão vivo, mas mais escuro, e em alguns casos mesmo castanho.
O bico, pelo contrário, não é tão escuro, apresentado por vezes tons acastanhados.

É também, das três espécies, aquela que com aprende mais facilidade, e o que consegue desenvolver um mais vasto vocabulário.

Outra característica peculiar é o facto desta ave ser bem mais agitada que os seus primos de maior dimensão, gostando de brincar nos poleiros e grades da gaiola, estando muito tempo em movimento, durante o dia.

O número de exemplares desta espécie na Natureza tem vindo a reduzir-se significativamente, devido à desmatação que se tem feito sentir nesta zona da costa africana, e ainda à sua caça para alimentação, já que nesta zona a sua carne é muito apreciada.

Simpático, afável, inteligente e muito «conversador», é capaz de repetir uma enorme quantidade de palavras e sons, sendo frequente imitarem o toque de telefones, sirenes de bombeiros, sinos de igreja e despertadores de relógio.

Tirando os sons que gosta de imitar, é um animal que não é ruidoso nem muito destruidor, apesar de ter um bico com uma força inacreditável, sendo capaz de cortar um dedo humano.

O senão destes animais é que, à semelhança dos outros papagaios cinzentos, não adoptam necessariamente o dono que os escolheu, adoptam um elemento da família, que pode ser alguém que, de início, nem mostrou grande interesse por ele.

Outro ponto menos bom é entrarem em stress com muita facilidade, quando se sentem marginalizados ou abandonados, e aí tornam-se um problema sério, já que não permitem que ninguém se aproxime, fazendo muito ruído e abrindo as asas para afastar as pessoas.

Esperança de vida
Esta espécie é também a que apresenta uma menor esperança de vida, situando-se a sua longevidade, em média, nos 30/32 anos.

Alimentação
A alimentação é relativamente fácil de encontrar em casas da especialidade a peso, ou nas grandes superfícies, em caixas. Em qualquer dos casos, essa alimentação já traz misturados os alimentos e vitaminas necessários.

Como suplemento alimentar, pode dar legumes frescos, depois de bem lavados em água corrente.

Cuidados especiais
Nunca se esqueça de borrifar a ave com água à temperatura ambiente nos dias de muito calor.
Evite ainda colocar a gaiola em locais onde o sol incida com muita intensidade.


Publicidade


Galeria fotográfica

Classificados
Campinas, Brasil
Vilac Clínica Veterinária
Campinas, Brasil
Vilac Clínica Veterinária
Cartaxo, Portugal
Hotel Quinta das Pratas


Bicharada.net
Contacto
Login
Privacy policy