Animais Dicas Canis & Gatis Parques Zoos Clínicas Lojas Hotéis
Rinocerontes voadores
2011-11-07 » África do Sul
As autoridades sul-africanas e a WWF (World Wildlife Fund) necessitaram de transferir um grande grupo de rinocerontes-negros entre as províncias do Cabo Oriental e do Limpopo, para incentivar o crescimento da população destes animais, que se encontram em risco de extinção.

Um dos momentos mais críticos da operação era o transporte desde o local, onde eram sedados, até aos grandes camiões em que viajam entre parques. Normalmente, eram transportados em pequenos veículos, por caminhos difíceis e durante períodos longos, havendo o perigo de provocar lesões nos homens envolvidos e nos animais. Em alguns casos, dada a inacessibilidade dos locais onde acabam por adormecer, tornava-se mesmo impossível a remoção dos animais naquela altura, obrigando a uma posterior sedação do mesmo animal noutro local.

Transladar animais deste porte é sempre uma operação que envolve riscos e, muitas vezes, perda de animais. Desta vez, porém, para minorar esse risco, foi usada uma nova solução. Assim que um animal era sedado e adormecia, um grupo de pessoas lideradas por veterinários amarrava os rinocerontes pelas quatro patas e estes eram de imediato retirados do local por um helicóptero. Esta operação, que segundo os envolvidos minimiza os riscos para os animais, não leva mais de 10 minutos, entre o local da captura e a sua colocação nos camiões, minimizando o tempo em que os animais estão sedados.

Não deixa de ser estranho pensar num tão grande e pesado animal a ser transportado de pernas para o ar num helicóptero. No entanto, a operação foi um sucesso e os 19 animais transladados estão todos de boa saúde e prontos para se reproduzir e deixar definitivamente para trás o risco de extinção, como todos os envolvidos esperam.

Desde há 8 anos, a WWF já transladou com sucesso 120 rinocerontes-negros e criou 7 novos locais de reprodução, em zonas onde estes animais já tinham há muito desaparecido por causa da caça clandestina. Este foi o primeiro caso em que esta forma de retirar os animais do terreno foi utilizada, e logo com total sucesso.
Notícias
Guia de Adoção Responsável
Portugal
Em Portugal, a taxa de abandono de animais de companhia aumentou em mais de 30% nos últimos anos, o que se traduz numa média de 119 animais abandonados por dia. Explicações? A pandemia agravou este comportamento, mas não é a única razão.
Itália
Um cão foi retirado de entre os escombros em Amatrice, Itália, depois de ter estado nove dias sob as ruínas da casa onde vivia com os donos. Aparentemente, o cão, de nome Romeo, estaria no piso inferior da casa, ao contrário dos donos, que dormiam no piso superior.
Jardim Zoológico comemora Dia Mundial do Tigre
Portugal
No próximo dia 29 de Julho, sexta-feira, conhecer o Tigre-da-sibéria e o Tigre-de-sumatra e aprender a estimular os comportamentos naturais desta espécie são os desafios lançados pelo Jardim Zoológico.
Estados Unidos
São muitos os estudos que atribuem à companhia dos animais algum tipo de saúde para os donos. Agora, um novo estudo aponta particularmente para beneficios ao nível da saúde vascular para as mulheres.
Portugal
Foram muitos anos e muitas pessoas envolvidas dos dois lados da fronteira para que o lince-ibérico pudesse ter futuro. No período de duas semanas, as notícias que todos esperavam há anos surgiram, primeiro Jacarandá depois Lagunilla, duas das fêmeas libertadas em Portugal, tinham tido as suas primeiras crias, e havia pequenos linces para demonstrar que todo o investimento pessoal dos muitos envolvidos neste processo tinha valido a pena.