Mamíferos marinhos Baleia-azul (Balaenoptera musculus)

Baleia-azul (Balaenoptera musculus)


Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Cetacea
Subordem: Mysticeti
Família: Balaenopteridae
Género: Balaenoptera
Espécie: B. musculus

Outros nomes:
Blue whale (Inglês)
Baleine bleue (Francês)
Rorqual bleu (Francês)
Rorcual azul (Castelhano)
Ballena azul (Castelhano)

Distribuição geográfica:
A baleia-azul pode ser encontrada em todos os oceanos do planeta, embora faça migrações sazonais para fugir a águas mais quentes, já que a sua preferência vai para as águas mais frias e ricas em alimento.

Alimentação:
A base da alimentação da baleia-azul é o Krill, pequeno crustáceo parecido com o camarão com poucos centímetros de comprimento. Uma baleia adulta desta espécie pode ingerir mais de 3 toneladas deste alimento por dia.

Estado de conservação:
Em perigo. Estima-se que possam haver no máximo 6000 destes mamíferos na globalidade do planeta.
A causa destes números tão baixos foi a caça que lhe foi movida a partir da segunda metade do século XIX e até aos anos 60 do século XX. Durante este período podem ter sido caçadas 350.000 baleias-azuis.

Neste momento a espécie é protegida e proibida a sua caça por quase todos os países do mundo.

Gestação e maturidade sexual:
As baleias-azuis atingem a maturidade sexual por volta dos 7/8 anos.

Reprodução:
A gestação destes animais dura cerca de 12 meses, findos os quais nasce uma cria com 7 ou 8 metros e mais de 2 toneladas.

Tamanho:
O tamanho máximo encontrado foi de cerca de 33 metros, sendo que a grande maioria ronda os 25/30 e podem pesar até 130.000 kg . São os maiores e mais pesados animais da terra.

Longevidade:
Estimada em 80 ou 90 anos

Estatuto de conservação:
Em Risco (IUCN 2008)


Publicidade


Galeria fotográfica

Classificados
Campinas, Brasil
Vilac Clínica Veterinária


Bicharada.net
Contacto
Login
Privacy policy