Mamíferos marinhos Lobo-marinho (Monachus monachus)

Lobo-marinho (Monachus monachus)


Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Carnivora
Superfamília: Pinnipedia
Família: Phocidae
Género: Monachus
Espécie: M. monachus

Outros nomes:
Foca-monge-do-mediterrâneo
Mediterranean Monk Seal (Inglês)
Monachus (Inglês)
Phoque moine (Francês)
Focas monje (Castelhano)
Focas fraile (Castelhano)

Distribuição geográfica:
Em Portugal, o lobo marinho está limitado a uma zona nas Ilhas Desertas, no arquipélago da Madeira. Esta espécie, conhecida por foca-monge, existe ainda em pequeno número na Costa Africana e em vários territórios no Mediterrâneo, principalmente na costa grega.

Na Madeira, esta espécie era, noutros tempos, muito frequentemente encontrada. Na altura em que as ilhas do arquipélago foram colonizadas pelos portugueses, um dos pontos onde se podia encontrar grande quantidade destes animais era a actual Vila de Câmara de Lobos, que deve a esse facto o seu nome.

Poucos animais:
A caça permanente, durante muitos anos, foi o motivo de estes animais quase terem desaparecido.

No final do século passado, esta colónia estava em declínio acentuado. Entretanto, a intervenção e a protecção a que foi sujeita levou a que, nos últimos anos, o número de indivíduos tenha aumentado, levando a um cenário bem mais animador. Não obstante continue a ser necessário monitorizar e acompanhar este grupo, para que o trabalho arduamente desenvolvido por alguns não seja perdido a qualquer momento, e para que esta espécie se mantenha observável em território nacional.

Neste momento, o grupo conta já cerca de 25 animais, ao passo que, no momento em que foi protegido, não atingia os 10 elementos.

A soma de todos os animais desta espécie, a viver em estado selvagem, nas colónias existentes e monitorizadas, já não deve atingir os 500 animais.

Tamanho e peso:
Uma foca desta espécie, pode atingir os 3,5 metros e pesar mais de 300 quilos.

Esperança de vida:
Os lobos marinhos, a viver em liberdade, podem ter uma esperança de vida que rondará os 30 anos.

Estatuto cde conservação:
Criticamente em Risco (IUCN 2008)


Publicidade


Galeria fotográfica

Classificados
Campinas, Brasil
Vilac Clínica Veterinária


Bicharada.net
Contacto
Login
Privacy policy