Porquinhos da Índia Pêlo Curto

Porquinhos da Índia


Apesar do seu nome, a origem desta espécie está na América do Sul, onde um parente selvagem do nosso porquinho doméstico, pode ser ainda hoje encontrado,
nas regiões do Noroeste e Sudeste deste continente, tendo sido domesticados pelos Incas, muito antes dos primeiros europeus terem por lá aportado.

Como animal de estimação, o Porquinho da Índia tem vindo a ser promovido, nos últimos anos, a um patamar muito interessante.

Introduzido na Europa pelos Espanhois no século XVI, os porquinhos rapidamente se popularizaram e começaram a ser criados em vários países europeus no século XVIII.

Nos primórdios do século XIX foram organizadas as
primeiras Exposições de várias raças em Inglaterra, julgadas por um Standard de Raças.
Hoje em dia existem muitos criadores e fãs de porquinhos por todo o mundo.

Em Portugal, ainda há poucos anos, os Porquinhos da Índia eram considerados apenas como petisco culinário em algumas regiões do país, mas o interesse por eles como animal de companhia está a crescer rápidamente, existindo já alguns criadores portugueses que fazem criação das mais diferentes raças e que têm interesse em mostrá-las.

O carácter carinhoso e o seu ar de mascote, levou a que fosse cada vez mais acarinhado e faz dele um caso de
sucesso como animal de companhia.

Manter um Porquinho da Índia é relativamente fácil, não precisa de uma gaiola muito grande (no mínimo 40x60cm,
mas quanto maior, melhor!), não é ruidoso e não tem cheiro intenso.

Os Porquinhos são animais sociais que nunca devem estar sozinhos. O melhor é ter um par do mesmo sexo junto,
dado que os porquinhos, como todos os roedores, têm grandes ninhadas num curto espaço de tempo.

Devem ainda ter a possibilidade de fazer exercício diário fora das gaiolas, de maneira a manterem a forma.

As gaiolas devem ser limpas com muita frequência de modo a evitar cheiros.

A cama deve ser feita com aparas de madeira ou outro material próprio que se pode encontrar nas lojas de animais.

Deve estar sempre disponivel água em bebedouro próprio, com esfera rotativa.

A alimentação deve ser feita à base de feno e de ração própria para Porquinhos da Índia enriquecida com Vitamina C.
Diariamente devem ser oferecidos frutas e vegetais frescos (ver tópico alimentação).

Os Porquinhos da Índia mais comuns são tricolores de pêlo curto, mas existe uma grande variedade de raças e cores (ver tópico raças).

Em adulto, o seu tamanho pode atingir os 25 cm e o seu peso entre 750 e mais de 1kg.

A sua esperança de vida varia entre os 5 e os 8 anos.

Rui Martins e Verena Fuchs
CAPI
– http://capi.no.sapo.pt

Agradecemos a colaboração do Clube dos Amigos dos Porquinhos da Índia pela participação neste texto.



Abissínio
O Abissínio é a mais velha de todas as raças de criação e é originário da Inglaterra. O pêlo é curto e áspero. Os Abissínios de pêlo sedoso não seguem o standard. O animal deve ter entre 8 a 12 remoinhos, que devem estar ordenados simetricamente ao longo do corpo.
Alpaca e Mohair
O Alpaca é um porquinho de pêlo comprido e cerdoso que originalmente vem de cruzamentos entre Texel e Peruanos. Tem pêlo encaracolado e duas ondas nas costas, como os Peruanos, bem como uma franja. Esta raça é originária da Inglaterra.
Coroado
Os Coroados são porquinhos de pêlo curto com uma coroa no meio da testa. Os Coroados dividem-se em duas variedades, o Coroado Inglês e o Coroado Americano. O Coroado Inglês apresenta a coroa da mesma cor que os resto do pêlo, sendo comum nas mais variadas cores como o preto, o vermelho, o creme, o açafrão, o slate blue e o agouti.
Pêlo Curto
O Porquinho de Pêlo Curto é o mais comum, sendo a raça originária e existe em várias cores e marcações. A pelagem deve ser suave, fechada e o comprimento do pêlo não deve exceder os 3cm. Os animais a exibir em concurso devem ser compactos, com uma forte cabeça e focinho encurvado e orelhas em forma de pétala, sem dobras ou pregas.
Peruano e Angorá
Os porquinhos destas duas raças têm o pêlo muito comprido com rosetas e um franja que descai ao longo do focinho, que lhes dá um charme especial o que torna esta raça tão bela e atractiva. Os Peruanos possuem apenas duas rosetas simétricas nas ancas, enquanto que os Angorás possuem mais do que duas rosetas em todo o corpo.
Rex e Teddy Americano
Estas duas raças têm uma pelagem curta e encrespada, muito densa e áspera, que torna a pele quase invisível. Exteriormente, os Rex são similares aos Teddy Americanos (US-Teddy) diferindo, no entanto, geneticamente, sendo que os primeiros são originários de Inglaterra e os segundos da América.
Sheltie e Coronet
Os Shelties e os Coronets pertencem às variedades de Porquinhos da India de pêlo comprido. Os Shelties possuem um pêlo longo e liso, sem qualquer tipo de roseta. Os pêlos do focinho são mais curtos que os do resto do corpo, descaindo o pêlo para os dois lados ao longo do dorso.
Teddy Suiço
O Teddy Suiço (CH-Teddy) é uma raça relativamente recente. Os seus primeiros exemplares apareceram na Suiça, como o nome indica. Os Teddies Suiços não estão relacionados com os Teddies Americanos ou com os Rex, são antes o resultado de uma nova mutação.
Texel e Merino
O Texel é uma das novas raças de porquinhos de pêlo comprido, desenvolvida na Inglaterra. A raça provém de cruzamentos entre Sheltie e Rex. O Texel tem pêlo comprido e cerdoso, mas sem ondas. Na face, o pêlo é curto e áspero.

Notícias
Porquinhos da Índia na Avisan 2007
Portugal / Santarém
A Avisan 2007 e Santarém vão receber a próxima Exposição Nacional de Porquinhos-da-índia, organizada pelo CAPI. Espera-se que seja mais um encontro a decorrer com alegria e boa disposição, onde os fãs e os criadores dos Porquinhos possam apresentar ao país os seus melhores exemplares, de forma a promover o interesse pelos nossos simpáticos amigos.
VI Exposição Nacional de Porquinhos-da-índia
Portugal – Ericeira
No próximo dia 6 de Outubro, a Ericeira será palco da VI Exposição Nacional de Porquinhos da Índia, evento a decorrer nas instalações da Sociedade Columbófila da vila. Será um local de visita obrigatório para todos aqueles que gostam destes nossos pequenos amiguinhos e dos roedores em geral.
Capital do Gótico recebe Porquinhos-da-Índia
Santarém – Portugal
Os Porquinhos-da-Índia vão visitar Santarém, entre 30 de Novembro e 3 de Dezembro.
O CAPI irá realizar a sua 4ª Exposição Nacional, e aguarda uma boa participação e afluência de público no evento que se vai realizar no CNEMA, ( Centro Nacional de Exposições), na cidade de Santarém. Será realizado um Concurso de Júniores, para além do Concurso Nacional e várias outras mostras.

Truques & Dicas
Publicidade


Galeria fotográfica

Publicidade


Classificados
Matosinhos, Portugal
Afiação de Lâminas Tosquia e T
Porto - Santo Tirso, Portugal
Leões da Rodésia


Bicharada.net
Contacto
Login
Privacy policy