Répteis e anfíbios Cobra-do-milho (Pantherophis guttatus)

Cobra-do-milho (Pantherophis guttatus)


Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Répteis
Ordem: Serpentes
Família: Colubridae
Género: Pantherophis

Outros nomes:
Corn snake (Inglês)
Serpent des blés (Francês)
Serpiente del maíz (Castelhano)

Por Inês Snyckers

História, nome e origem
A Pantherophis guttatus, anteriormente chamada Elaphe guttatus, tem como nome comum «cobra-do-milho», devido às suas origens. É originária dos celeiros dos EUA, México e ilhas Caimão, onde caçava e caça ratos, não actuando como uma peste, mas sim ajudando os agricultores a controlar as colónias de ratos.

Mas a sua história vem já de há muito tempo atrás. As tribos Okeetee, que viviam na América, idolatravam estas cobras, dizendo que eram espíritos que nasciam do milho, devido ao facto de as suas cores serem idênticas às do milho índio, que já não é cultivado. A variação de cores Okeetee é um tributo a esse passado.

Habitat
Encontram-se normalmente em encostas rochosas, pinhais, em terras cultivadas (por exemplo, milheirais) e em zonas abertas, preferindo habitats secos a zonas pantanosas, não sendo, no entanto, muito selectivas. Embora trepem bem, são normalmente encontradas no solo, gostando de passar bastante tempo enterradas.

São animais diurnos ou crepusculares, consoante as temperaturas. Normalmente, na Primavera são diurnas e no Verão nocturnas.

CUIDADOS BÁSICOS

Iluminação

As cobras do milho devem desfrutar de 12 horas de luz diária, utilizando lâmpadas próprias e um temporizador.

Alimentação
As cobras-do-milho alimentam-se de ratos, que podem ser vivos ou congelados. Eu dou à minha congelados, porque os vivos podem magoar ou até matar a cobra com uma dentada no crânio. Embora existam muitas cobras que não aceitam a comida congelada, existe uma solução: com uma pinça própria, agarra-se no rato já descongelado pelas patas traseiras, para que a cobra agarre o rato pela cabeça, por ser mais fácil para ela. Agita-se um pouco para captar a sua atenção e, mal ela ataca, larga-se, senão ela perde o interesse.

A minha cobra-do-milho é alimentada com ratos congelados desde que nasceu, o que ajuda imenso, porque o processo anterior pode ser assim completamente eliminado. A loja Zooexótico, em Lisboa, vende cobras já habituadas aos ratos congelados.

Humidade
As cobras-do-milho necessitam de uma humidade de 60 por cento, e de 80% durante a muda de pele. Pode medir a humidade com um higrómetro como o que vê à direita.

Temperatura e terrário
O terrário é o factor mais importante para uma cobra saudável.

Um de pelo menos 75cm de comprimento, 30cm de largura e 30cm de altura basta, e tem de ser bem arejado.

Pessoalmente, gosto de utilizar terrários maiores, como por exemplo de 70cm de comprimento, 60cm de largura e 40cm de altura, pois permitem às cobras mais espaço para se exercitarem.

Cuidado, as cobras-do-milho são mestras das fugas, e passam por onde a sua cabeça couber.

O terrário deve manter uma temperatura entre os 26 e os 28 ºC, descendo um pouco à noite.

Se não quiser que a sua cobra hiberne, use um tapete de aquecimento no Inverno.

Os componentes do terrário de uma cobra jovem (até aos dois anos) são bastante simples: basta um bebedouro/piscina próprio para répteis. Esta deve estar sempre com água limpa e fresca, pois a cobra não só lá vai beber, como mergulha em caso de sobreaquecimento do terrário.

Necessita também de uma planta, preferencialmente falsa e própria para répteis, um tronco, dois esconderijos, um de cada lado, e um substrato de bark e/ou húmus.

Pode encontrar estes adereços e outros na loja Zooexótico.

Manuseamento
As cobras-do-milho reconhecem o seu dono pela maneira como ele se comporta com elas na mão e pelo cheiro. Mexer-lhes regularmente é uma óptima maneira de as habituar ao dono, e rapidamente serão amigos para a vida.

Evitar movimentos bruscos é a chave para o manuseamento de uma Corn. No início, deve sempre ser manuseada dentro do terrário, pois se fugir pode ficar várias semanas escondida.

Se a cobra ficar imóvel por muito tempo quando a manuseia, é bom sinal: quer dizer que já tem confiança e não está nervosa.

Sexagem
As cobras-do-milho não são muito difíceis de sexar. As fêmeas tem uma grande diferença do corpo para a cauda, com uma mudança brusca de grossura na base da cauda. O macho tem linhas mais fluidas.

Dimensões e esperança de vida
As cobras-do-milho adultas atingem entre 76 e 152cm de comprimento, embora não se note, pois enroladas, como estão sempre, cabem na palma das mãos. O record máximo de comprimento é 183cm.

A sua esperança de vida varia entre os 12 e os 18 anos, mas o maior espécime registado possuía 21 anos e 9 meses.

Cores
Há demasiadas cores para descrever todas. Pode ver algumas aqui, mas há muitas mais, e são encontradas novas colorações todos os dias.

Doenças
Sendo cobras muito saudáveis, não são muitas as doenças e não são difíceis de resolver. Em caso de doença mais séria, nunca leve a sua cobra a um veterinário comum, mas sempre a um veterinário de animais exóticos. Informe-se junto de um hospital de animais.

Problemas na mudança da pele
Se as cobras não tiverem um bom nível de humidade, isso pode traduzir-se em problemas na muda; por exemplo, pode ficar pele na ponta da cauda ou ao longo do dorso do animal. Neste caso, deve-se mergulhar a parte afectada em água morna e depois retirá-la com cuidado.

O pior que se pode passar é, quando se vai ver a pele depois de saída, verificar-se a falta das escamas que cobrem os olhos. Neste caso, as escamas ficarão em cima das novas, impossibilitando a visão. Se isto acontecer, as escamas velhas devem ser rapidamente retiradas por um especialista, para não provocar cegueira na cobra.

Parasitas
Se verificar pontos brancos, pretos ou vermelhos em volta dos olhos da sua cobra ou ao longo do corpo, limpe-a rapidamente com um cotonete ou papel higiénico. Para manter a cobra quieta, segure-lhe a base da cabeça em cima e em baixo e pressione levemente.

Outros problemas
Se a cobra fizer barulho ao respirar, tiver a zona anal suja, diarreia, aspecto queijoso dentro da boca ou alguma coisa que não lhe pareça normal, contacte logo o seu veterinário especialista.

Lojas e produtos
Além da Zooexótico, recomendo a Bichos do Mato, no Rio Sul Shopping (Seixal).

As imagens de produtos são da Exo-terra; os produtos podem ser comprados na Zooexótico.

O meu contacto
Para dúvidas, queixas ou sugestões, pode contactar-me em adororepteis@hotmail.com

O Bicharada.net agradece o texto e as fotos a Inês Snyckers


Notícias
Cobra salva com recurso a botija de oxigénio
Inglaterra - Tipton
Um cidadão inglês com queda para os répteis, mas com alguma falta de memória, saiu de sua casa, em Tipton, Inglaterra, deixando uma panela ao lume. Algumas horas depois, ao voltar a casa, um grande incêndio provocado pela sua distracção tinha deixado tudo em ruínas.

Publicidade


Galeria fotográfica

Classificados
São Paulo, Brasil
Venda de Filhotes
Porto, Portugal
Procuro Cavalo Lusitano
Carnaxide, Portugal
Cão encotrado em Carnaxide


Bicharada.net
Contacto
Login
Privacy policy