Répteis e anfíbios Pitão-asiática (Python reticulatus)

Pitão-asiática (Python reticulatus)


Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Ordem: Squamata
Família: Pythonidae
Género: Python
Spécie: P. reticulatus

Outros nomes
Pitão-reticulada
Reticulated python (Inglês)
Python réticulé (Francês)
Pitón reticulada (Castelhano)

Distribuição geográfica:
Esta espécie pode ser encontrada um pouco por todas as florestas tropicais do Sudoeste asiático.

Nativas das Ilhas Nicobar,Myanmar, Bornéo, Ilhas Celebes, Timor, Indonésia, Filipinas, Malásia e Singapura.

Alimentação:
A base da alimentação destes animais consiste em mamíferos de média dimensão, que mata por constrição.

Estado de conservação:
Não avaliado.

Reprodução:
Estas cobras fazem posturas que vão dos 25 aos 80 ovos, enroscando-se depois sobre estes durante cerca de 80/90 dias, até que comecem a eclodir.

Comprimento:
As cobras desta espécie podem ultrapassar os 9 metros de comprimento, embora seja muito raro. Trata-se da maior cobra do mundo, mas não a mais pesada, sendo que um animal adulto pode pesar cerca de 160 kg. Muitas são a histórias de cobras de 15 metros ou mais mas, como sempre nestes casos, não passam disso mesmo: histórias.

Longevidade:
Esta cobra tem uma esperança de vida que ronda os 30 anos.


Notícias
Pitons assustam nos Everglades
Estados Unidos
Depois de, no princípio deste mês, uma criança ter sido morta nos Estados Unidos por uma piton-birmanesa (phyton reticulatus), também conhecida por piton-asiática, o alarme parece ter soado nos centros de decisão sobre o perigo que esta espécie invasora pode provocar nos Everglades, se nada for feito a curto prazo.

Publicidade


Galeria fotográfica

Classificados
São Paulo, Brasil
Venda de Filhotes
Porto, Portugal
Procuro Cavalo Lusitano
Carnaxide, Portugal
Cão encotrado em Carnaxide


Bicharada.net
Contacto
Login
Privacy policy